Empresa

Café Orfeu investe em relançamento da marca

Empresa aposta no crescimento da categoria de cafés especiais no Brasil  
Ana Elizabeth Diniz
Dezembro/Janeiro -

 

DivulgaçãoO Brasil é o maior produtor de café do mundo e o consumidor merece tomar o melhor café colhido aqui. É com essa premissa que Orfeu, há 11 anos no mercado, investe em seu relançamento no país.

“Com lavouras de mais de 65 anos nas Fazendas Sertãozinho, em Minas Gerais, onde Orfeu é produzido, chegamos ao momento de profissionalização da empresa e renovação da marca, com o objetivo de acelerar o acesso à categoria de cafés especiais, combinando com o momento em que o consumidor brasileiro está mais receptivo a produtos de alta qualidade”, explica Amanda Capucho, diretora geral de Orfeu, baseando seu argumento em pesquisas com consumidores que confirmam a alta aceitação do produto.

Hoje, 90% da produção dos cafés especiais produzidos nas Fazendas Sertãozinho é exportada para diversos países, como Japão, Estados Unidos, França, Itália e Suíça. “Nossa meta é, em cinco anos, reverter esse quadro e concentrar a maior parte da produção no mercado nacional, possibilitando ao brasileiro tomar o melhor café que o nosso país produz”, acrescenta a executiva.

O investimento no relançamento de Orfeu inclui novos maquinários para aumento da produção, novas tecnologias, treinamento de profissionais, inovação em estratégias de negócios e um trabalho de branding, comunicação, marketing e vendas.

“Aprimoramos nosso website, e-commerce e redes sociais e criamos novos produtos e acessórios para complementar a experiência com o nosso café. Fechamos parcerias estratégicas de distribuição dos nossos produtos com grandes supermercados e estabelecimentos selecionados, com o objetivo de chegar a mais de 500 pontos de venda até 2017”, complementa Amanda.

A marca também fará o lançamento de dois novos blends: intenso, com o objetivo de atender ao paladar do brasileiro que aprecia um café mais encorpado com torra no estilo italiano, e orgânico, que está dentro das tendências mundiais de consumo de alimentos e bebidas e certifica a não utilização de adubos químicos e defensivos agrícolas. Além disso, também irá incluir novas versões no portfólio, como embalagens de 250g de grãos torrado e moído e com granulometria específica para diferentes métodos, como FrenchPress e AeroPress.

O relançamento de Orfeu Cafés Especiais começa em outubro e contempla, ainda, atualização da logomarca, modernização das embalagens e campanha com o tema “Motivos para descobrir Orfeu”, com imagens exclusivas feitas pelo renomado fotógrafo de gastronomia Sergio Coimbra. “Ao estudar o mercado, entendemos que ainda poucos conhecem a classificação de cafés especiais. Os atributos e valores de Orfeu surpreendem e mobilizam as pessoas, causando o desejo de experimentar. Esse foi o insight para a estratégia da campanha: convidar o consumidor a descobrir Orfeu, elencando uma série de motivos que o diferenciam”, explica Amanda.

No mercado de café, as categorias são divididas em especial, gourmet, superior e tradicional. A bebida é considerada de categoria especial quando seus atributos de qualidade, como características físicas, origem, variedade, cor, tamanho e até preocupações ambientais e sociais em sua produção são avaliados como excepcionais. São cafés considerados perfeitos e sem defeitos.

Orfeu é um dos poucos cafés disponíveis no varejo que possui o selo certificado pela BSCA – Brazilian Specialty Coffee Association, que o classifica, com todas suas qualidades, na categoria de cafés especiais. A marca se orgulha de ter conquistado diversos prêmios nacionais e internacionais, como quatro “Cup of Excellence”, dois “Coffee of the Year” e o primeiro lugar no “Late Harvestm”, na Suíça.

Orfeu é um dos poucos cafés cultivados em fazendas próprias. Sua produção é totalmente artesanal. As mudas são desenvolvidas nas próprias fazendas e recebem atenção especial para que cresçam saudáveis. A colheita, feita manualmente, é composta por grãos 100% arábica cuidadosamente selecionados e complementada por tecnologia de ponta.

Nos terreiros, o café é estendido ao sol e revolvido pelo menos 15 vezes ao dia até atingir apenas 11% de umidade. Na classificação, uma equipe especializada analisa as amostras e avalia critérios como doçura natural, aroma, corpo, cremosidade e acidez. Na torrefação são cuidadosamente selecionados e passam por diferentes etapas de beneficiamento (por tamanho, peso e cor), com tolerância zero a defeitos. Essa dedicação garante que as características especiais de sabor e aromas que compõem Orfeu sejam mantidas.

Todo o processo de embalagens é feito nas Fazendas Sertãozinho, o que garante a procedência, qualidade e frescor do café que chega até a xícara do consumidor. As cápsulas, compatíveis com o sistema Nespresso®, também são fabricadas dentro da fazenda, uma das poucas empresas no mercado a realizar sua própria produção.

 

Blends de Orfeu

Orfeu oferece cinco blends exclusivos que garantem o café perfeito para diferentes paladares, em diferentes momentos e utilizando diferentes formas de extração:

 

Intenso

De aroma intenso com notas de frutas secas, como uva passa e ameixa, é um café com residual longo, doçura alta, acidez baixa e bebida encorpada. Ele é produzido com grãos arábica da variedade catuaí vermelho, cultivados a 1.240 metros de altitude nas montanhas da Fazenda Sertãozinho, no Sul de Minas.

Clássico

De aroma complexo com notas florais, frutadas e caramelo, é um café de sabor persistente e agradável, livre de adstringência e com acidez equilibrada. Ele é produzido com grãos arábica das variedades bourbon amarelo e catuaí, cultivados de 1.100 a 1.400 metros de altitude nas montanhas das Fazendas Sertãozinho e Fazenda Rainha, no sul de Minas Gerais.

Suave

De final delicado, com sabor agradável e livre de adstringências, é um café de corpo baixo e acidez acentuada. Aroma intenso e repleto de notas cítricas, ele é cultivado a 1400 metros de altitude no Vale da Grama, região do Estado de São Paulo conhecida pela tradição no cultivo de cafés de alta qualidade.

Descafeinado

Bebida encorpada, de baixa acidez, aroma suave e notas de chocolate, utiliza Swiss Water como método de extração de cafeína, processo à base de água e totalmente livre do uso de elementos químicos, que garante sabor agradável e livre de amargor. Cultivado a mais de 1.100 metros de altitude nas montanhas ao sul de Poços de Caldas, região vulcânica de solo rico em minerais.

Orgânico

Bebida equilibrada, acidez média com alta doçura e notas de chocolate e caramelo, Orfeu Orgânico é produzido com grãos 100% arábica da variedade arara, que é muito vigorosa e possui grãos amarelos uniformes de peneira alta, cultivados a 1.300 metros de altitude, no sul de Minas Gerais. A certificação de café orgânico comprova a não utilização de adubos químicos e defensivos agrícolas na produção deste blend.

Site e loja virtual: www.cafeorfeu.com.br




Comentários